segunda-feira, 7 de junho de 2010

Feriadão...

Êh coisa boa...Nada melhor do que um feriadão, mas... Por quê a gente só se dá conta do quanto poderia ter aproveitado nas últimas horas dele?! Naquele fim depressivo de domingo é quando a gente percebe, puta merda, tinha que ter estudado desde quarta a noite! Ou então, deveria ter dormido melhor, regulado meu horário e passado mais tempo com meu namorado lindo que não me deixou levantar hoje de manhã quando ele estava indo embora porque estava frio.


Sim, poderia ter aproveitado melhor esse raro momento de grande espaço de tempo livre, porém...
Dormir até tarde com meu namorado foi sensacional, ir ao cinema, alugar dois filmes, cantar musiquinhas do desenho da disney e ficar fora do horário foi muito bom.


Cada dia que passa estou mais viciada nessa vida de casados. É sério! Nada melhor do que acordar com ele, dormir com ele, almoçar, jantar, estudar...TUDO!


Mas o pior é quando chega sábado a noite e eu sei que no outro dia de manhã ele vai ter que levantar cedinho e ir embora. Eu vou estar tão sonolenta que só vou me dar conta disso quando realmente acordar. Aí, um apartamento tão pequeno quanto o meu fica vazio ao ponto de parecer uma imensidão. A cama parece faltar um pedaço, o melhor deles, o que aconchega e é quentinho durante a madrugada. Fico sem ter quem abraçar quando tenho pesadelo pois nem o meu amor, nem a minha ursinha está aqui. [Nota: Ela está na casa da minha mãe pra ir para uma reparação na costureira, por que ela é muito velhinha já, tem mais ou menos uns 15anos, e precisa trocar algumas coisinhas]


E mesmo que minha ursinha estivesse aqui, certos pesadelos só o Bruno me acalma. Só ele pra dizer que está tudo bem, que a gente não brigou de verdade, que foi só um pesadelo e que ele está alí. Só o carinho dele pra me por pra dormir de novo.


Já acordei procurando o Bruno inconscientemente enquanto dormia.


Que vontade de adiantar tudo pra parte em que a gente mora junto. Mas tudo bem, eu espero até porque é essa falta mortal que eu sinto dele agora que vai me fazer valorizar cada segundo quando a gente está junto e que torna mais perfeita ainda a ideia de poder passar o resto da vida do lado dele.


*.*

Um comentário: