sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Ah se meu Blog falasse...


Quantas vezes não abri o notebook aos prantos e vim me acalmar escrevendo coisas sem sentido pra quem lê?! Quantas vezes meu veneno não jorrou por esses textos?! Quantos problemas não resolvi só escrevendo aqui?!

Meu blog é uma mistura de diário, anti-depressivo e colo materno. Nesses picos de humor, não penso em quem vai ler, apenas quero escrever, seja por uma alegria incontrolável ou uma tristeza profunda. Depois de escrever parece que dissolvo meu fardo e nunca mais vou ficar mal de novo. É confortante.

Antes de postar hoje, estava relendo os anteriores. Como fui me tornando mais sincera, inclusive comigo. O ultimo post então! Nunca fui tão verdadeira, não foi apenas uma criação. Nada aqui é. Sempre tem alguma relação comigo, pelo menos, até então. Por mais que eu negue, escreva em outra língua ou diga que foi uma invenção. Por mais fantasioso que pareça, é a mim que você lê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário