quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Assim mesmo, do jeito que as coisas são.

Só porquê são as coisas mais simples que fazem a diferença. Clichê?!?! Com certeza, mas foda-se.
É justamente por isso que acabam fazendo falta, pelo medo de ser clichê ninguém as faz mais.

Abraços são ótimos, um "bom dia" sincero realmente torna aquele melhor, ligar pra matar a saudade vale, escrever quando precisar, fazer carinho é tão bom quanto receber, dizer "eu te amo" com o coração vale mais do que de qualquer outra forma.

Quero todas as coisas assim, do jeito que são. Na verdade, do jeito que devem ser, pois já não são mais.

Andar descalço é bom.Tomar banho também. Dormir abraçado, é impagável!

Sem essa de dar parabéns só pra garantir seu scrap quando for a sua vez.

E se for pra promover sua imagem, que seja por algo realmente bom e que valha a pena, bancar o diferente com modismos e distúrbios alimentares pra conseguir status é mais que ridículo, é deplorável!

Não vale a pena ser igual, de jeito nenhum! Mas se matar ou fingir que se mata pra ganhar algum tipo de destaque é breguinha, tá?!

Mas sobre isso eu falo depois, esse post aqui é pra relembrar todo mundo que projetar a felicidade só adia a mesma, almejar coisas melhores vale [nada de comodismo, hein?!] mas dá pra ser feliz agora, e sempre.

Um comentário: